• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

Quatro Barras abre salões virtuais da Lei Aldir Blanc

 

Publicado em: 14/12/2020 11:24 | Fonte/Agência: Departamento de Comunicação

Whatsapp

 

Quatro Barras abre salões virtuais da Lei Aldir Blanc

Público poderá conferir as obras no Facebook. Na foto, escultura do artista Enéas Ribeiro Corrêa

Com a proposta de fomentar a cultura e garantir uma renda emergencial para artistas durante o período de pandemia, foi criada a Lei Aldir Blanc, pelo governo federal em junho deste ano. Os recursos repassados pela União chegaram aos Estados e Municípios, que elaboraram planos de execução para seleção e julgamento dos trabalhos.
    
Em Quatro Barras, os investimentos repassados somam R$ 188.850,06, e são compatíveis ao número de habitantes da cidade. Para que este recurso chegasse aos artistas, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cultura, em parceria com o Conselho Municipal de Cultura, abriu cinco diferentes editais, nas categorias de artes visuais, artesanato, literatura, curta metragens (FestMovie) e música, em que produtores, artesãos e artistas locais puderam inscrever seus trabalhos. O resultado pode ser conferido nos salões virtuais, que começam a ser expostos hoje no Facebook da Prefeitura, onde é possível encontrar todas as obras classificadas.
    
A organizadora Lucila Corrêa conta que todos os artistas serão premiados. Os classificados em cada categoria receberão premiação máxima, em dinheiro, e os artistas que não obtiveram pontuação máxima receberão um prêmio por participação, uma menção honrosa, também remunerada. "Além disso, cada participante dos salões virtuais vai receber um certificado de participação. Isso é importante porque credencia o artista para outros eventos", disse Lucila.

Salão Virtual
A partir desta segunda-feira (14) e no decorrer da semana, os salões virtuais já estarão disponíveis para acesso do público. Lá estarão os nomes dos artistas vencedores, com suas respectivas obras. 
    
A secretária de Assistência Social e Cultura, Adriane Gomes Andreatta, avaliou a iniciativa como uma importante medida de fomento à cultura. "É um auxílio e ao mesmo tempo um incentivo para nossos artistas, artesãos, produtores, músicos, escritores, enfim, vários profissionais da cultura que foram afetados em suas atividades pela pandemia. É um reconhecimento pelo trabalho e um estímulo para que continuem", afirmou Adriane.