• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

Como ação de combate à pandemia, Quatro Barras estende vacinação aos domingos

 

Publicado em: 29/03/2021 17:16 | Fonte/Agência: Departamento de Comunicação

Whatsapp

 

Através de um esforço conjunto dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, Quatro Barras ampliou os atendimentos para a campanha de vacinação, que agora se estendem também aos domingos, em conformidade com a campanha estadual realizada junto aos municípios paranaenses.
    
O primeiro domingo de vacinação, ocorrido ontem (28), imunizou idosos com 67 anos. Ao todo, 111 pessoas foram vacinadas.
    
No sábado (27), os grupos de 69 e 68 anos também receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Os dois turnos de vacinação imunizaram outras 262 pessoas.
    
Segundo dados atualizados da Secretaria Municipal de Saúde, já são 1.975 pessoas vacinadas contra o coronavírus, na maioria com a primeira dose do imunizante. O total de doses já recebidas é de 2.348, das quais a diferença - de 373 vacinas - será aplicada como segunda dose em idosos já aptos a recebê-la, o que acontece a partir desta segunda-feira (29).

Proximidade da Páscoa
A enfermeira do Setor de Epidemiologia da Prefeitura, Fernanda Gruchouskei, faz um alerta e um apelo à população com a proximidade do feriado da Páscoa, quando tradicionalmente as famílias se reúnem para celebrar a data. 
    
"Estamos diante de um momento em que toda a colaboração da população se faz necessária. Temos que evitar as aglomerações, os encontros familiares e continuar a adotar todas as medidas preventivas, como o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização frequente das mãos", disse ela. "Uma pessoa só é considerada efetivamente vacinada 14 dias após receber a segunda dose da vacina e, mesmo depois, ainda está suscetível à infecção do vírus", concluiu. 
     
A Secretaria Municipal de Saúde vem aplicando todos os esforços para conter o avanço da pandemia, com campanhas de vacinação inclusive aos fins de semana, testagens e exames em massa para diagnosticar e isolar casos positivos da doença, atendimento específico a pacientes na Central Covid-19, e campanhas de orientação e fiscalização. Ainda assim, todo o esforço dos profissionais, segundo Fernanda, só terá efeito com a colaboração e conscientização da população.


Imagens