• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

Profissionais autônomos e contratantes poderão interagir através de aplicativo

 

Publicado em: 27/03/2019 10:51 | Fonte/Agência: Departamento de Comunicação

Whatsapp

 

Profissionais autônomos e contratantes poderão interagir através de aplicativo

SEJU e Celepar apresentaram nova ferramenta para geração de trabalho a profissionais de Quatro Barras, na Sala do Empreendedor. Prefeitura dará total

A Sala do Empreendedor de Quatro Barras recebeu na última semana a apresentação do aplicativo Paraná Serviços, lançado no último dia 18 pelo Governo do Estado. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, em parceria com a Celepar, e consiste em uma nova ferramenta para aproximar prestadores de serviços e contratantes, gerando mais trabalho e renda nos municípios.

Na prática o aplicativo vai concentrar cadastros de profissionais, como eletricistas, pintores, pedreiros, maridos de aluguel, jardineiros, diaristas, entre outros, fornecendo dados completos para potenciais contratantes, na maioria, pessoas físicas que necessitam de um determinado serviço em sua própria residência.

No aplicativo, os profissionais poderão divulgar suas atividades, portfólio de trabalhos já realizados, sua localização, satisfação de clientes, cursos, especialidades, enfim, um perfil completo que poderá nortear a contratação. Mas a ferramenta não será apenas de divulgação. Pelo próprio aplicativo, contratantes poderão solicitar e receber orçamentos e fechar os pedidos.

A busca favorece os profissionais com localização mais próxima, mas pode ser expandida mediante a vontade do contratante. O objetivo, segundo o diretor do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da SEJU, Ederson Colaço, é poder atender as pessoas que não conseguem se inserir no mercado formal de trabalho.

"Temos percebido que a geração de emprego com carteira assinada está estagnada em função de alguns aspectos do próprio mercado. Com o aplicativo poderemos reverter isso, inserindo essas pessoas na geração de renda", disse Ederson.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente no celular, com áreas específicas de uso para quem está oferecendo o serviço e para quem está contratando. O diretor explica que o objetivo é trazer tecnologia, otimizar custos e fazer com que o trabalho realmente chegue à ponta final, dando todo o suporte inclusive para as pessoas que tem dificuldade de acesso à tecnologia. "Queremos realmente capacitar e inserí-los no mercado de trabalho, e não criar uma política de exclusão. A Celepar, por exemplo, tem cursos de operacionalização de smartphone, que vamos inserir no programa", contou.

Quatro Barras foi um dos primeiros municípios visitados pela equipe, pelo trabalho de vanguarda, que segundo Ederson, tem apresentado ótimos resultados. No encontro na Sala do Empreendedor foram convidados diversos profissionais para conhecer o aplicativo e sua funcionalidade.

Jonas André, morador do Jardim das Acácias, faz sonorização de eventos e aprovou a nova ferramenta. "Muitas vezes meu serviço é bem direcionado, acabo prestando o serviço sozinho em eventos menores. Com o aplicativo terei mais um espaço para divulgar meu trabalho", contou Jonas.

O prefeito Angelo Andreatta (Lara) participou da apresentação e falou da sintonia entre município e Estado na busca por fomentar a geração de trabalho e renda. "Fico extremamente orgulhoso e feliz por essa sintonia nas ações voltadas ao emprego, ao empreendedorismo e à geração de trabalho. Com a ferramenta, estas ações serão ainda mais dinâmicas e resolutivas", afirmou Lara.

Outro objetivo do programa é incentivar que profissionais autônomos virem Micro empreendedores Individuais (MEIs), formalizando suas atividades e tendo acesso aos benefícios decorrentes da formalização.

Para isso, a atuação do município também será decisiva. Para o funcionamento do aplicativo serão determinantes a atuação da Sala do Empreendedor e da Agência do Trabalhador, que auxiliarão no cadastro dos profissionais. A agente de desenvolvimento Emanuelle Miranda já está capacitada para oferecer esse suporte gratuito.  

Outra novidade é que a SEJU já busca contato com a Fomento Paraná, em busca de parcerias para o fornecimento de microcrédito aos prestadores de serviço que utilizarem o  aplicativo.


Imagens