• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

“Era uma Vez...” contação de estórias infantis na Biblioteca Princesa Isabel

 

Publicado em: 20/04/2017 13:36

Whatsapp

 

O projeto “Era uma Vez” surgiu da necessidade de incentivar o uso do espaço cultural e pedagógico através da leitura na biblioteca municipal. Com um acervo de mais de vinte mil títulos a biblioteca ainda é pouco frequentada pelo público infantil. O objetivo do projeto é fomentar nas crianças o gosto pela leitura e também incluir no roteiro de interesses infantis o hábito de frequentar a biblioteca. A contação de estórias acontece todas as terças-feiras, às 10h30 e às 15h30. A cada quatro meses, a história muda. Há um calendário de agendamento aberto para os alunos da rede pública e particular de ensino.
   
Ao assumir a pasta da secretaria municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude (SMECLJ) no início do ano, o secretário Adriano de Lara (Nano) sentiu a oportunidade de criar um calendário lúdico para incentivar a leitura. Segundo Nano, uma criança que lê, será um adulto que lê. Para ele, incentivar  o hábito da leitura numa criança é a maior de todas as missões de qualquer educador.
   
Usar a contação de estórias como recurso pedagógico é uma forma de  ensinar brincando. A criança tem  como uma ferramenta eficaz de aprendizado a imaginação, e a forma lúdica de ensinar pode fazer toda a diferença no resultado. A Biblioteca foi toda preparada para receber as crianças. Um cenário com alusão à estória que será contada foi montado pela equipe pedagógica. Entre os profissionais envolvidos está a professora Tamires Zanona Cordeiro, contadora da estória. Tamires dá vida à personagem da “Bruxa” na estória de João e Maria.
   
Caldeirões, fogueira, teias de aranha e uma bruxinha esperam pelas crianças que se deslocam até a Biblioteca Municipal Princesa Isabel todas as terças-feiras às 10h30 e às 15h30. As escolas podem agendar uma visita através do telefone 3672-6164 da Secretaria de Cultura. A intenção é abrir o projeto para a biblioteca da Praça CEU no bairro Jardim Menino Deus.

“Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo”. ABRAMOVICH 1989, p.16